Número total de visualizações de página

domingo, 29 de maio de 2011

SOL, LUZ e MAR

SOL, LUZ e MAR

A luz e o mar.
Ambos vivem apaixonados
e todos os dias namoram
nas ondas do saber namorar
duas dádivas, o mesmo par.
A luz é a alma do sol
raios que abraçam no mar
as suas vagas de linda espuma.
Raios que em batidas na água mole
fazem transparecer um ar felino,
das garras de uma puma.
A luz e o sol são vida, que libertam tentações
que sem mar, não valeria a pena.
Ondas de carne, mente comovida, atracções
em sentidos loucos, linda cena.
Como vejo brilhar o mar, parecendo rir
vejo  o penetrar do sol, na sua entrega
vagas que serpenteiam envoltos de prazer.
Num fugir…
Num vai e vem de amor
como quem se esfrega.
Mar e luz, mar e sol, amor total.
Abraços de palavras, apertos de saudade
… união especial.
Mesmo revolto o mar é belo.
Ondas de gritar no seu rebento
dueto vaidoso,
quando o sol e a luz se amam
mar de canela, cor Lilás, caramelo.
Que mesmo em sufoco de tempo
tempestuoso…
gritam emoção, que ambos exalam.
Tão lindo o tempo do amor
meu mar, nem ponteiros sabe ler
a ele converso o tempo passar.
Segundo a segundo, para aprender
que o futuro é de amar e acreditar
pois presente é o amor que estamos a ter.
A natureza foi feita de amor
O amor foi feito de verdade
A verdade foi feita de sol e luz
O sol e luz foram feitos por uma flor
O mar é lindo, aos olhos do sol, que reluz
O mar é lindo, aos olhos da luz, em vaidade
O mar é tudo que me enche
Na paz e no amor.
E o amor é toda a claridade
Tu e eu,
Luz, Sol e Mar


José Alberto Sá

Sem comentários:

Enviar um comentário

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.