Número total de visualizações de página

terça-feira, 31 de maio de 2011

A Dança

A Dança

Era música que ouvia…melodia
O vibrar que sentia…amava
Entrava no coração…que palpitava
Minha paixão, a música…que me batia.

Notas suaves para sonhar…em nuvem bela
Sonhos Rosa, de transpirar…meu erotismo
Dança mimosa de transgressões…de louco por ela
Menina modelo que comigo dança…meu nervosismo.

Passo a passo, perna na perna…é Tango ou Valsa
Bem agarrado e apreciando…sorriso teu
Sabias dançar! E bem agarrada…via teu ombro,
estavas sem alça…mas que assombro.

Sentia-me bem, junto contigo…que belo par
A música entrava, nos arrepiava…sorrias para mim
Dizias baixinho, junto ao ouvido…que gostavas de amar
Puxei-te para mim, dizendo que a nossa dança…não mais teria fim.

Um passo atrás, mais dois adiante…em ritmo certo
Olhei-te nos olhos e sem respirar…trocamos um beijo
A música entrava e nós a sentíamos…cada vez mais perto
Ama-mos a dança, ama-mos a música…neste Tango de amor
Amor que dizias e eu queria…na realidade este desejo

Sentimos amor, nos apaixonamos…sonho Cor-de-rosa
De mão dada saímos contentes…mas sem despedida
Começamos na dança e hoje continuamos…uma vida amorosa
A música ensinou e amor ficou…como tudo na vida.


José Alberto Sá

Sem comentários:

Enviar um comentário

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.