Número total de visualizações de página

segunda-feira, 12 de junho de 2017

Ventos de luz - Meu corpo

Ventos de luz – Meu corpo

Meu corpo é teu na imortalidade, num mundo disparatado
Meu corpo num todo, te quer corar e esconder
Sorvendo-te em cada bocado, na indecência de um tarado
Por amor… Somente amor acontecer…


José Alberto Sá

Sem comentários:

Enviar um comentário

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.