Número total de visualizações de página

quinta-feira, 1 de junho de 2017

Quero...

Quero um amor imortal, um olhar que me sacie por dentro e um milhão de loucuras à flor da pele… Quero desvendar todo o mistério do amor, acariciar sonhos e sensações… Quero-me imortalizar nos êxtases da vida… Quero um amor imortal… Tu… Só tu és a eternidade desta alma de poeta… Quero se quiseres, a vida é uma porta aberta.


José Alberto Sá

Sem comentários:

Enviar um comentário

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.