Número total de visualizações de página

terça-feira, 13 de dezembro de 2016

Para todos, sem excepção, Feliz Natal...

Para todos, sem excepção, Feliz Natal…

Está frio e é dezembro, eu lembro esta data como a data de um nascimento que mudou a minha maneira de olhar dezembro, nasceu Um Menino especial, assim me ensinaram, assim aprendi, assim quero acreditar, assim quero ensinar…
É dezembro e está frio lá fora, por vezes chove e neva… É neste tempo que o meu aquecimento de casa funciona, eu não tenho frio! Mas O Menino, Esse Menino especial talvez tenha tido frio, ou imenso calor por ser O Salvador!
Escrevo para Ele com o pulsar do meu sangue, estou aberto a poemas e a palavras de um amor que Ele me fez aprender, me fez entender e me ensinou a oferecer.
Visto-o nesta data com palavras por mim despidas, em dezembro sempre assim enceno, sempre com o meu sorriso para as árvores verdes, para as luzes que piscam, para os enfeites da rua, para as crianças que olham para mim!
Está frio e eu uno o meu corpo ao Dele, ou Ele já se uniu a mim quando eu nasci.
Está frio lá fora, sempre lembro dezembro como o mês do Menino ou o Menino sempre se lembra de mim em dezembro, lá fora tantos são os meninos com frio, tantos os que têm fome, tantos os que não lembram dezembro por ser Natal! É dezembro e eu quero dizer a todos os que sofrem que vos amo, que os tenho, que os não esqueço, que os admiro, mesmo não pudendo estar com eles, ou simplesmente a minha impotência é real…
Mas escrevo para que todos saibam, que amo a palavra que Jesus me ensinou! Para todos sem excepção, Feliz Natal amigos da terra e do espaço onde habita o acreditar! Eu acredito e Ele também… É dezembro e está frio lá fora… Mas dentro de mim… O calor é Ele!


José Alberto Sá

Sem comentários:

Enviar um comentário

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.