Número total de visualizações de página

quarta-feira, 6 de julho de 2016

Uma estrada

Uma estrada

Hoje bebo as delícias de uma estrada, que um dia me viu chegar…
No alcatrão gravei a minha aparência e me deixei levar…
Uma casa azul e branca… Uma menina bela e franca me cativou…
Enviei imagens para ela as sentir… Numa estrada estreita mas bem arejada…
Pinhal de um lado, casinhas do outro… Um apaixonado numa estrada e pronto…
Aconteceu…
Um encontro natural, olhos nos olhos, um sorriso e querer…
Namoro, casamento e muito mais… Um filho loucura, um amor que perdura… E o resto… São pássaros que voam e eu chamo de pardais…
Hoje bebo as delícias de uma estrada… Que um dia me viu chegar…
Ontem foi belo, hoje é tudo…Amanhã…
Serei luz com ela e nada mais…


José Alberto Sá

Sem comentários:

Enviar um comentário

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.