Número total de visualizações de página

domingo, 26 de junho de 2016

que mundo guardas?

que mundo guardas?

só te vi uma vez e hoje abri o teu retrato
olhei os teus olhos e senti um sensível e sonoro sorriso
a tua boca fechada, escondia  a língua e mil sabores
recordo-me da tua face, desse fino trato
passei a mão sobre a moldura, toquei no paraíso
não havia físico, nem toque, somente dois amores

só te vi uma vez e hoje quis espreitar-te
que mundo guardas? Perguntei a mim mesmo, pelo segredo
que corpo escondes, para lá da blusa
recordo-me das tuas formas, quando quis amar-te
passei a mão sobre o sonho e pedi sem medo
que um dia por aí, sejas moldura do meu corpo e minha musa


José Alberto Sá

Sem comentários:

Enviar um comentário

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.