Número total de visualizações de página

quinta-feira, 19 de maio de 2016

Tom rosa!

Tom rosa!

Não me firas amor… Essa parte rosa, faz parte do gemido!
A voz… Solta-se em sons com sentido!
E o apertar do botão, são… São puras pedras cristalinas que imagino!
Não me firas amor… Toca-me somente e quebra-me o cristal!
A voz… Canta o hino!
E a pele se mistura no timbre da vontade, que é bom e não tem mal!
Quando chegas e me falas, eu suspendo o apertar… As pernas escutam o teu sorriso!
É tão querida a tua voz… Que te sinto nesta parte rosa, onde te deito!
Não me firas amor… Revela-te contente e deita-te nos meus braços!
Sente-me árvore de ramos frondosos, onde a copa atinge o céu!
A voz… Pede que desflores a flor, que desprendas as pétalas e que beije a cor!
Não me firas amor… Beija somente… Ama e sente! Sou eu!


José Alberto Sá

Sem comentários:

Enviar um comentário

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.