Número total de visualizações de página

sexta-feira, 18 de julho de 2014

Ventos da minha luz

Ventos da minha luz

Quando te olho, me sinto cego… E quando não estás, sempre te vejo.


José Alberto Sá

Sem comentários:

Enviar um comentário

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.