Número total de visualizações de página

domingo, 6 de abril de 2014

A resposta

A resposta

Pergunta-me… Tens poesia?
- Tenho sempre poesia.
Olha o sol, no meu olhar…
Pois… Algumas pessoas não vêm que o meu olhar,
se veste de palavras de toda a cor
Que o meu coração,
pulsa versos de amor…
Pois… Algumas pessoas não sentem como eu
Não sentem poesia no sorriso do céu,
não ouvem poesia nas ondulações do mar
E tudo está… No meu olhar…

Pergunta-me… Tens tempo para mim?
- Tenho sempre tempo.
Olha o sol, no meu olhar…
Pois… Algumas pessoas não vêm o tempo que dedico em poesia,
o meu jardim
Que o meu coração,
pulsa versos ao vento…
Pois… Algumas pessoas não pensam nas horas
que o vento carrega
Não sentem poesia nos pássaros, nas borboletas…
Na minha mão
Tudo está… No meu olhar…
Sempre com tempo para amar

Pergunta-me… Podes-me abraçar?
- Tenho sempre vontade desse gesto e candura
Olha o sol, no meu olhar…
Pois… Algumas pessoas não sabem abraçar uns olhos com carinho,
se abraçam ao vazio, à solidão
Que o meu coração,
pulsa versos à pergunta mais pura
Pois… Algumas pessoas não se purificam na partilha…
No beijo que se dá
Não sentem o abraço de ontem, o sorriso de hoje…
O amor do amanhã
E tudo está… No meu olhar…

Pergunta-me… Eu respondo com fervor
Olha o sol, no meu olhar… Ele sabe a essência de cada cor
O meu sorriso… Sabe o paladar do teu sabor
E o meu coração… Sempre responde com amor



José Alberto Sá

Sem comentários:

Enviar um comentário

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.