Número total de visualizações de página

segunda-feira, 13 de janeiro de 2014

Perdido num olhar

Perdido num olhar

Perdi a luz do meu olhar naquele dia
… Levaste-o
Procuro incessantemente pela volta no teu olhar
Sozinho pergunto, onde moras alegria?
Se me levaste a luz, para te namorar

Perdi o rumo que me levou até ti
Nem sei mais como caminhar
Por esse caminho de luz, que nos teus olhos… Senti
Mas que não me querem para iluminar

Fala-me mais uma vez, com essa boca de afago
Seria bom te sentir, como te sente um poeta
Como me sinto trespassado deliciosamente…
Tão deliciosamente,
como belo é o choro da guitarra pelo fado
Seria bom te sentir na tua ausência,
numa porta aberta

Encontra-me, sabes onde estou perdido
Estou aqui… Aqui neste sítio sem te ver
Aqui amor… Está frio sem teu olhar… Estou sentido
Porque não me olhas? Porque não me abraças
Estou aqui… Na guitarra que chora para te ter
Perdido desde aquele dia… E perdido dou graças

Porque me perdi
Por ti…
E em ti…



José Alberto Sá

Sem comentários:

Enviar um comentário

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.