Número total de visualizações de página

domingo, 29 de dezembro de 2013

Uma caixinha... O teu coração

Uma caixinha… O teu coração

Abri…
A caixinha de cartão
Branca e com flores amarelas
Bem decorada
Que ansiedade saber…
Sentir a proeza, do segredo nela contido
… Um coração
A oferta de tantas portas e janelas
Um segredo enviado para mim

Abri…
A caixinha de cartão
Branca de tampa aveludada
Que ansiedade poder…
Olhar a beleza, daquela prenda fechada
A oferta de todo o seu querer
O querer que me veio de ti…
Amada

Abri…
A caixinha de cartão
Branca por fora e doce por dentro
Que ansiedade… Que loucura foi o saber
Saber… Que dentro o amor estava sedento
Por uma vontade, uma mão
Uma mão que abrisse o segredo do teu ser
O amor… A tua imensidão

Abri…
A caixinha de cartão
E nela continha a tua letra
Uma carta perfumada… Um coração
Estava escrita de azul e raios de luz… Cometa
Era para mim…
… Eu li
… Eu vi
… Eu senti
E amei
Dizia somente: Amo-te bebé
… Tão belo
… Tão doce
… Tão perfeito
Que ainda a guardo, dentro do meu peito
Aquela caixinha de cartão
Com amor… E muita fé
Uma caixinha… O teu… No meu coração


José Alberto Sá

Sem comentários:

Enviar um comentário

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.