Número total de visualizações de página

domingo, 3 de novembro de 2013

Jamais

Tudo fiz amor… Jamais…

Jamais deixarei de te contar
A cor do vento que faço ao te falar
A cor dos olhos que me fazes soltar
A doce voz que em ti quero expressar

Jamais…

Jamais deixarei de te ouvir
Beijar o rosto que me vem colorir
Abraçar as palavras da boca do meu sorrir
Namorar… Namorar até sentir

Jamais…

Jamais deixarei de te querer
Dançar no teu corpo até adormecer
Amar-te carinhosamente e tudo acontecer
Pegar-te na mão para que sintas, meu coração a bater

Jamais…

Jamais deixarei de ser feliz
Acordarei a teu lado, olhos nos olhos, nariz com nariz
Escreverei no quadro da vida, teu amor com um giz
Para que te saibas amor, que por ti tudo fiz

José Alberto Sá

Sem comentários:

Enviar um comentário

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.