Número total de visualizações de página

sexta-feira, 1 de novembro de 2013

Eu não sei...

Eu não sei…

… Eu não sei
O porquê do nosso amor ser incolor
… Eu não sei
O porquê do nosso amor ser tão distante
… Eu não sei
Porque não esqueço a beleza da tua cor
Minha luz, meu amor…
Minha amante

Eu não sei… Só sei… Porque te quero
Eu não sei… Porque não te esqueço
Eu não sei… A razão do desespero
Eu só sei… Que tu sabes, que não mereço

Só tu sabes como sofro neste canto
… Meu amor
Só tu sabes a razão
Só tu sabes como sinto falta do teu manto
… Minha luz
Só tu sabes o que sofre o meu coração

Eu não sei… Só sei… Porque te desejo
Eu não sei… Porque te adoro
Eu não sei… Porque lembro em ti um beijo
Eu só sei… Porque em ti eu moro

Nós falamos e sabemos desta loucura
Nós queremos e sabemos a verdade
Mas é longe
o caminho e a saudade
O amor, essa luz radiante
Que me oferece pelo vento a liberdade
Nós sabemos que vivemos a cada instante

Teu sussurro que me chega é perfumado
Ele é paz é amor em qualquer lado
Tu és doce, eu sou paz e apaixonado
Meu amor
Minha luz… O meu raio estimado


José Alberto Sá

Sem comentários:

Enviar um comentário

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.