Número total de visualizações de página

sexta-feira, 11 de outubro de 2013

Fragrâncias de um sonho

Fragrâncias de um sonho

Amo ver o açúcar nas flores
Amo sentir o pólen de mel
Amo cheirar no pescoço os odores
Amo escrever estes sonhos no papel

Flores impregnadas de geleia
Nenúfares de Açúcar caramelizado
Pescoços brancos onde meu beijo se enleia
Sonhos no papel de um apaixonado

Amo geleia colhida no campo
Amo caramelos colhidos do meu pomar
Amo o doce dos lábios num pescoço que encanto
Amo o perfume do papel, que me leva a sonhar

Campos de guloseimas de várias cores
Pomares de fruta descascada, abraçada em cada ramo
Encantos despidos, como as musas deitadas em flores
Donzelas nuas, meus amores… Sonhos que amo

Amo as cores, as delicias que levam a voar
Amo os abraços das árvores com fruta madura
Amo deitar-me sobre as flores e sonhar
Que nuas são as realidades, num sonho que me atura

E voo pelos ventos de fragrância amarela
Olho em redor e sinto a essência da fruta de cristal
E neste voo sonho imagino-te a bater-me à janela
Vestida para mim, neste sonho celestial  


José Alberto Sá

Sem comentários:

Enviar um comentário

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.