Número total de visualizações de página

quinta-feira, 15 de agosto de 2013

Palavras que voam

Palavras que voam

E os pássaros cantam
A seara baloiça ao vento
Os chilreios melodiosos encantam
E eu, bailo feliz sobre este tempo

Um tempo que amo
E os pássaros batem as asas devagar
... Lindo ballet
Neste tempo de voos, um tempo que é
A dança do meu poetizar

E os pássaros voam sobre as linhas
Debicam nelas o amor
Parecem beijar as doces rimas
Os lábios das palavras... O calor

E os pássaros cantam,
namoram nas flores da laranjeira
E no bailado do amor,
amam os frutos da macieira
Como eu amo sem voar, palavras sem fronteira
Um amor que levo até meus olhos
Numa dança de folhos
Eu a voar com os pássaros na minha eira

Os pássaros cantam e a semente reluz
Nessa eira de letras... Letras de ouro
Que transporto de um sol que me seduz
E os pássaros cantam... O meu tesouro
Nas palavras que voam, como pássaros de luz


José Alberto Sá

Sem comentários:

Enviar um comentário

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.