Número total de visualizações de página

quinta-feira, 13 de junho de 2013

Lua de sonho

Lua de sonho

Apreciando a lua,
amei a forma arredondada
A luz envolvia-me e transportava-me ao desejo
Meus olhos queriam sentir os relevos da amada
Os dedos tremiam e lhe mandavam um beijo
Senti a lua próxima,
sensacional rapariga
A luz que reflectia acariciava o rosto de um apaixonado
Meus olhos húmidos choravam pela amiga
Os meus dedos apontavam e sentiam a luz do meu fado
Talvez o branco brilhante,
talvez a claridade
A sua beleza me levou até ela,
quis tanto ser dela
Nem que fosse só um instante
A minha vontade,
apreciando a sua nudez e seu sorriso
Talvez…
Talvez pela sua vaidade,
pela sua intensidade
Uma menina de infinita beleza…
Intensamente iluminada aparecia à janela
A minha paixão e o meu refúgio,
um amor que tanto preciso... Sua alteza
Minha lua, minha donzela


José Alberto Sá

Sem comentários:

Enviar um comentário

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.