Número total de visualizações de página

quarta-feira, 29 de maio de 2013

Incrivelmente perdido

Incrivelmente perdido

Mata-me
Eu não aguento este desejo
Mata-me
Nem que seja só com um beijo
Eu não quero viver assim
Eu não te quero sentir,
longe de mim

Mata-me
Eu não aguento mais sofrer
Mata-me
Se não te consigo ter
Eu não aguento mais
Eu não te quero imaginar
Em sentimentos lacrimais

Mata-me
Eu não aguento o meu caminhar
Mata-me
Nem que seja com um olhar
Eu não aguento o coração
Eu não te quero perder
Meu amor, minha razão

Por isso…

Mata-me
Eu não sei estar sozinho
Mata-me
Nem que seja só um carinho
Eu não aguento este espaço
Eu não quero esta solidão
Vou para ti, diz-me como eu faço

Ou então…
Salva-me, dá-me a tua mão


José Alberto Sá

Sem comentários:

Enviar um comentário

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.