Número total de visualizações de página

sexta-feira, 26 de abril de 2013

Não desisto...


Não desisto...

Porque me tratas desse jeito
Porque me tratas assim
Eu sou teu e teu quero ser perfeito
Eu sou flor de um só jardim

Quero te ter, eu quero ser teu

Porque me tratas sem amor
Porque me tratas friamente
Eu sou no mundo o teu calor
Eu sou no mundo a tua semente

Quero te ter, eu quero ser teu

Porque me tratas sem carinho
Por que me fazes sofrer
Eu sou no mundo um cantinho
Eu sou no amor o teu querer

Quero te ter, eu quero ser teu

Porque me tratas com rebeldia
Porque me dás a escuridão
Eu sou o sol na luz em todo o teu dia
Eu sou a paz e o amor do coração

Quero te ter, eu quero ser teu

Porque me fazes sermão
Porque me dizes não ser
Não ser o abraço em união
Não ser, nem ter... O meu querer

Quero te ter, eu quero ser teu

Teu amor
Até enlouquecer
E não desistirei de ti... Minha flor
Quero te ter, eu quero ser teu

José Alberto Sá

Sem comentários:

Enviar um comentário

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.