Número total de visualizações de página

sexta-feira, 26 de abril de 2013

Mar encapelado


Mar encapelado

Gosto do mar assim
... Bravo
Mar de espuma embravecido
Aragem perfumada, meu festim
Aromas de cravo
Fragrâncias que se entranham em mim
E fazem de mim um vencido

Gosto do mar assim
Mar azul esverdeado
Horizonte de velas marfim
... Mar encapelado
Mar que banha a terra do meu jardim
Beijando as rosas, aromas de cravo
E eu me sinto teu escravo
Por gostar de ti assim

Gosto do mar assim
Amo as ondas, muralhas altivas
Imponente e audaz
Água salgada que ao toque parece cetim
Mar bravo que me cativas
E me deixas sentado a olhar-te
Transportas-me à paz
E quando me molhas, pareço beijar-te

Gosto do mar assim...

José Alberto Sá

Sem comentários:

Enviar um comentário

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.