Número total de visualizações de página

segunda-feira, 11 de março de 2013

Não durmo... Sonho


Não durmo... Sonho

Não levo somente o sono
Adormeço com o amor presente
O dormir não é o meu abandono
É o acordar no mundo que sente
Vivo sentindo
Sentindo o tempo que a noite esquece
Vai indo... Vem vindo...
E no acordar aparece
...
Durmo sorrindo
Respiro sonhando
No meu acordar espero ser bem vindo
Agraciado num olhar que viva amando
E assim eu vou sonhar
Dormir na mais bela,
na mais iluminada pureza
Acordar para amar
E de mão dada levantar,
contigo na minha certeza
...
Só assim posso renascer
Viver do meu sonhar
Realizar...
Para contigo viver
Depois de levantar
Levantar e seguir
Por um mundo de sonho
Olhos de luz, um belo sorrir
Que mesmo a dormir...
... Eu sempre te ponho


José Alberto Sá

Sem comentários:

Enviar um comentário

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.