Número total de visualizações de página

domingo, 10 de março de 2013

És num todo... Desejo


És num todo... Desejo

Que rosto incrível!
O teu...
Que corpo fantástico!
Sem véu...
Que sorriso de encanto!
Como um céu...

Amo-te...

Amo-te perdido nesse rosto apetecível
Que seja meu...
Amo-te perdido nesse corpo aromático
Que me apeteceu...
Amo-te perdido no teu sorriso, meu manto
Num corpo ao léu...
...
Ele me cobre e me fascina
Ele é a luz que me guia, meu farol
Perfeito nesse corpo de menina
Onde o olhar são reflexos do teu sol

Amo-te...

Amo-te pela manhã, após te ter sonhado
Um sonho delirante, porque não dormi
Amo-te durante a manhã, apaixonado
Uma paixão como nunca senti
Amo-te ao longo da tarde, somente
Um somente porque és única e perfeita
E ao chegar à noite, sinto-te presente
Na doce voz da minha colheita
Num campo plantado com amor
Durante todo o dia
Amo-te à luz do esplendor
Quando te falo, te sinto... E tudo me asfixia
...
Amo-te...
Num todo... Sem entraves
Adoro-te...
Porque em mim cabes
Desejo-te...
És tu quem me abres
Quero-te...
... Tu sabes...

José Alberto Sá

Sem comentários:

Enviar um comentário

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.