Número total de visualizações de página

domingo, 17 de fevereiro de 2013

Eu quero...


Eu quero...

Eu quero mais... Mais coisas do teu olhar
Mostra-me como é belo o teu sorrir
Mostra-me que a luz é um dom que me trazes
Eu quero mais... Toda a tua luz, a iluminar
Mostra-me que devo fazer para conseguir
Mostra-me a íris que me fez levitar

Não digas que não consegues
O amor é muito mais... E tal como eu o persegues

Não olhes as horas... O tempo é infinito
Eu quero mais... Mais dias de teu perfume
Mostra-me a luz na qual acredito
Mostra-me um coração que transpira lume
Eu quero mais... E tu, és o fruto bem dito
O meu querer, onde me castigo sem um queixume

Não digas que não te apetece
O amor é muito mais... E tu és tudo que me acontece

Mostra-me em palavras da tua rebeldia
Eu quero mais... Mais encontros com os teus olhos
Mostra-me na luz da tua magia
Que eu... Devagar... Abro no teu decote os lindos folhos
Mostra-me... E saberás no outro dia
Que o amor comigo é aos molhos

Não digas que não me quiseras
O amor é muito mais... E tu és quem o alteras

José Alberto Sá

Sem comentários:

Enviar um comentário

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.