Número total de visualizações de página

sexta-feira, 1 de fevereiro de 2013

Anjo sonhador


Anjo sonhador

Flutuo no vento
Na esperança de te encontrar
Moradia discreta, escondida no tempo
Azimute fechado no baú de um lindo olhar
Passo voando pelos prados
Mergulho nos rios que correm para o mar
Voo com alma e sentidos iluminados
Na luz do sonho a realizar
É inquieta a minha procura
Vagueio pelos vales e serras
Ondulo por dunas da minha loucura
Percorro labirintos, portas gelatinosas
Segredos que contigo encerras
As nuvens… Essas passam silenciosas
As estrelas brilham na noite escura
E eu… Voo… Flutuo…
Na procura de um jardim de rosas
Os espinhos da minha tortura
O sol, meu amigo acompanhante
A lua, a amiga que guia
Tu, a procura incessante
Eu, a vontade de te encontrar
E te olhar por mais um dia
Flutuo no vento para te amar
E sozinho continuarei a procurar
Sou o calor do sol, a luz do luar
És a beleza da terra, a musa do mar

José Alberto Sá

Sem comentários:

Enviar um comentário

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.