Número total de visualizações de página

quarta-feira, 2 de janeiro de 2013

Sou ladrão


Sou ladrão

Sou ladrão
Ladrão de sentimentos
Frases pensadas por meu coração
Batidas roubadas
Pulsares saqueados
Sou ladrão que voa nos ventos
Nas brisas do mar, nas gotas salgadas
Sou ladrão dos tempos passados
Roubei ao tempo a paz
Roubei ao olhar a luz
Roubei ao sorriso o amor
Sou ladrão e sei como se faz
Sou o larápio, um ser que faz jus
Jus ao perfume da mais bela flor
Sou ladrão do ano que passou
E regresso com pensamentos,
renovados nos ventos
De um passado que me marcou
Roubei tudo que era bom
Deixei para trás o mal
Sou ladrão... É esse o meu dom
Roubar para vos dar
Um amor, uma vida sem igual
Sou ladrão
Do vosso, do meu coração
Sou ladrão,
do meu sonhar

José Alberto Sá

Sem comentários:

Enviar um comentário

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.