Número total de visualizações de página

quarta-feira, 7 de novembro de 2012

Tal como quem faz amor, as palavras entram pelos olhos e escorrem folhas abaixo, é o delírio dos escritores, no erotismo das suas tendências, é o gostar de exaltar e deleitar o que escrevo.


José Alberto Sá

Sem comentários:

Enviar um comentário

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.