Número total de visualizações de página

quinta-feira, 18 de outubro de 2012

Vamos à luta


Vamos à luta

Uma palmada bem dada, vamos à luta
Abandono eleitoral, a força da mente
Batida em retirada, a massa bruta
Vontade do povo, a minha gente

Governo desgovernado, tortura insensível
Corrupção maligna, dinheiro amante
Povo unido, uma força irresistível
Pela verdade, a vontade infante

Para nos matar de fome, venha quem vier
Presidente é ser homem, ser lutador
O povo escolhe um outro qualquer

Trabalho remunerado pelo suor
A nossa vontade é paz, luz e amor
Ficar quieto é ficar pior


José Alberto Sá

Sem comentários:

Enviar um comentário

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.