Número total de visualizações de página

quarta-feira, 12 de setembro de 2012

Bodas de prata


Bodas de prata

B em dizia alguém que não sabia
O quanto é difícil chegar
D eus sabe, para minha alegria
A vontade do meu amar
S ou eu na palavra

D ádiva e gratidão
E m terra que meu amor lavra

P ronto a dar a minha mão
R ezando sempre pelo bem
A mando sempre o nosso hino
T entando sempre ir mais além
A mar a união e o fruto divino

José Alberto Sá

1 comentário:

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.