Número total de visualizações de página

quinta-feira, 29 de março de 2012

Lenço azul


Lenço azul


Azul a cor do meu lenço

Até o céu teve ciúmes

Até o mar sabia o que penso

Naquele azul de queixumes

Meu lenço…

Testemunho de tons suaves

Perfumado pela maresia

Voou…

Lenço da minha alegria

Macio e algodoado… Como as penas das aves

Aconchegado a mim… Senti

Azul…

Cor dos meus olhos em ti

Meu lenço aromatizado em gelatina

Dobrado… Parecia uma menina

Num azul de sonho

Meu lenço…

Onde nele, a vontade ponho

Onde no azul da vida, vivo suspenso

No ar…

Nas nuvens… No chão

Meu lenço em tua mão

Perfumado… Beijado

Oferecido… Querido

Azul…

Azul claro… Azul-escuro

Lenço sem muro

Amado no tempo

Uma noite levado

Levado no vento

Lenço de amar

Perdido no mar

O meu lenço… Azul


José Alberto Sá

Sem comentários:

Enviar um comentário

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.