Número total de visualizações de página

domingo, 19 de fevereiro de 2012

Tatuado por ti


Tatuado por ti


Tuas mãos me tocaram

O arrepio fez erguer meu pensamento

Fechei os olhos, quis te sentir

Senti tuas unhas que arranharam

Senti teu respirar... O vento

Algo que me estavas a pedir

Meu corpo... Tatuado

Meu corpo para tua vontade

Meu corpo tresloucado

Meu corpo em tua vaidade

Senti novamente o arrepio

Com as unhas traças-te uma linha

O amor subiu por um fio

E adivinha...

Olhei para ti e demos um beijo

Olhei para ti e rolamos

Olhei para ti e... Tanto desejo

Olhei para ti e amamos

O arrepio saiu do teu apertar

O arrepio fugiu do meu amar

O arrepio foi o toque do amor

O arrepio foi suave... Uma flor

Senti-me suado

O amor e o desejo estavam a meu lado

De mãos deslizantes pelas costas

Senti-me tatuado

Pelo corpo que me mostras

Em mim cravado


José Alberto Sá

Sem comentários:

Enviar um comentário

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.