Número total de visualizações de página

domingo, 15 de janeiro de 2012

Olhai as folhas


Olhai as folhas


Olhai as folhas desta poesia

Sim as folhas!

Não vêm as folhas desta magia?

Sim as folhas!

Eu faço folhas nas flores das letras

Eu faço folhas quando escrevo

As flores em poesia todos fazem

As folhas faço eu

Pinto-as com minhas canetas

A elas dou vida se me atrevo

...

Faço com que as folhas se casem

Com as flores do céu

É a minha poesia...

Olhai esta folha que fiz

É uma folha de verde destino

Ela no papel dança, é alegria

É vida da copa à raiz

Folhas que imagino

...

Na beleza da poesia... Alma

Folhas e flores em mil cores

O meu desabafo, a minha calma

Amores...

Olhai as folhas pintadas por mim

São essências perfumadas

São perfume do meu jardim

São folhas... As folhas invisíveis

Minhas amadas

Folhas apetecíveis

...

Olhai... Penso que as sentiram

Não existem flores sem folhas no meu poetizar

As flores sois vós que me admiram

As folhas sou eu, quando escrevo para amar


José Alberto Sá

1 comentário:

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.