Número total de visualizações de página

quarta-feira, 14 de dezembro de 2011

Perseguição


Perseguição


Eras tu…

Eras tu, a voz que eu ouvia

Eras tu, a minha alegria

Eras tu, a luz do meu dia

Ainda hoje ouvi a tua voz

Ainda hoje sinto saudade

Das lindas conversas, saídas de nós

Eras tu, a sombra que me seguia

Eras tu, o sol

A luz que eu via

Ainda hoje senti aquele beijo…

Não dado

Minha boca sorria

Pelo nada, me ter lembrado

Eras tu, a linda música

Num canto de rouxinol

A paixão… A melodia

A minha clave de sol

Eras tu, o vento

Eras tu, a chuva

Ainda hoje te mordi no tempo

Ao morder um bago de uva

Eras tu, o meu pensar

Eras tu, a minha ilusão

Ainda hoje te quis amar

Assim pedia meu coração

Nesta louca recordação

De nunca te ir buscar

Vontade ou alucinação

Talvez somente…

…Amar


José Alberto Sá

1 comentário:

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.