Número total de visualizações de página

quinta-feira, 24 de novembro de 2011

Ponto final


Ponto final


Coloquei o ponto final

Estava no fim do texto

Sem nada ter escrito

Irracional...

Sem contexto...

Palavras que não acredito.

...

Aquele ponto,

não era o fim.

As palavras não tinham saído de mim

Deveria ter colocado reticências

Dar continuidade

Palavras de verdade.

Existências...

...

Olhava o ponto como uma tatuagem

Um ponto de miragem

Das palavras em branco

Ponto final, num texto manco

Sem pernas

Sem braços

Sem cabeça

Um ponto sem traços

Dos meus embaraços

...

Palavras sem inspiração

Esta é a razão,

do ponto final

No fim das frases inexistentes

Frases comoventes,

sem nada

Palavras de um sinal

Ponto de uma folha agoniada

Somente marcada

Que vale tudo,

mas não diz nada.


José Alberto Sá

1 comentário:

  1. Estava apenas procurando uma imagem e encontrei seu blog. Gostei de seus poemas. abraços.

    ResponderEliminar

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.