Número total de visualizações de página

quarta-feira, 16 de novembro de 2011

O gesto


O gesto


Vi tua mão mexer!

Tinhas vontade

Um pequeno rastejar,

de tua mão.

Me fez estremecer.

Era verdade!

Eu ouvia a tua respiração,

ofegante.

Lentamente, mais um deslizar.

Erupção,

a cada instante.

Eu assistia…

Cinco centímetros mais.

O teu aproximar

Centímetros reais

Sentidos normais

Eu já tremia…

Tocaste-me e…

… Tua respiração parou

Arrastaste-me para ti.

Meu dedo no teu dedo,

tocou…

Sorriste… Eu sorri…

As mãos se deram

E sem medo,

se perderam…

Num gesto

Sem protesto.


José Alberto Sá

Sem comentários:

Enviar um comentário

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.