Número total de visualizações de página

quinta-feira, 10 de novembro de 2011

No silêncio


No silêncio


N ão!

O lha-me, não me fujas


S ilenciaste-te

I nglório de tua parte

L embraste-te

E reconsideras que o amor é arte

N ão negues o amor

C ada palavra tua é uma flor

I magina-te na minha dança

O sol a Lua, lindo par


D iva minha, minha esperança

O nde estás? Quero-te ir buscar.


A mo-te loucamente

M usa do meu querer

O ndas de paixão, minha semente

R aíz do meu ser.


José Alberto Sá

Sem comentários:

Enviar um comentário

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.