Número total de visualizações de página

quarta-feira, 23 de novembro de 2011

Hoje...


Hoje…


Meu sentimento já não tem forma

Perdeu-se

Simplesmente me entreguei ao medo,

que me come vivo.

O medo que consome minhas fraquezas

Comoveu-se!

O sentimento em mim cativo.

O medo da solidão.

Tenho medo do acreditar

Numa vida que se faz presente,

vivendo pensando o futuro.

Uma imensidão.


Hoje só quero ser feliz


Mundos de amar

Não sei teu sabor

Nem a cor de teus lábios

Então, porque me sinto preso,

à tua boca.

Meu sentimento esqueceu…

… O amor.

Queria te provocar, te sentir

Renovar, o que me moveu

Alinhar o desalinhado

E pedir…


Hoje só queria ser feliz.


Entra em meu mundo de amores

Onde as cores se misturam

Onde no céu azul, existem flores

Onde as vozes murmuram

Hoje vou passear meus sonhos

A paz levo comigo de mão dada

No sorriso levo a alma

Vou ser capaz de voar,

uma ave alada

Num voo nas nuvens da calma


Hoje só quero ser feliz.


José Alberto Sá

Sem comentários:

Enviar um comentário

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.