Número total de visualizações de página

sexta-feira, 28 de outubro de 2011

Te ouvi...


Te ouvi…


Sentia-te nervosa

Tuas palavras soluçavam

Dessa boca melindrosa

Palavras que me amavam

Eu senti teu nervosismo

Eu percebi tua vontade

Leitura da mente, meu preciosismo

Sentimento da verdade

Compreendo-te amor

Foi o primeiro som

Tremias ao vento, linda flor

Eu tremia de coração

Teimei em te ligar

Teria de conseguir

Poder te ouvir, te amar

Num simples som do teu sorrir

Que bom aquele momento

Que voz linda, doçura de cordas vocais

Sussurro tremido, onde me sento

Com vontade de querer mais

Muito mais te quero ouvir

Muito mais te quero dizer

Palavras do meu sentir

Som de tua boca, meu enlouquecer

Foi bom te ouvir falar… Meu mar

Foi bom sentir-te… Meu mundo

É vontade minha te amar

Te imaginar a cada segundo

Tremíamos os dois pela paixão

Tremíamos os dois de ansiedade

Falamos com o corpo em combustão

E ficamos ainda com mais saudade

Ainda com mais querer

Com mais e mais calor

Vontade de te receber

E te dar todo o meu amor


José Alberto Sá

Sem comentários:

Enviar um comentário

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.