Número total de visualizações de página

quarta-feira, 14 de setembro de 2011

Nu


Nu


O meu pensamento vai nu

Despiu-se do amor

Pureza no olhar…alimento cru

Na beleza de uma flor

Despejei o meu pensar

Quero-te conhecer e só depois

De te amar

Seremos dois

Aí começarei a preencher

Tudo de novo... começar

Teus gestos...teu querer

Tuas palavras…teu mar

Encherei o meu cérebro, de carícias

De sonhos, de verdades

Por isso o limpei das malícias

Do tempo de ontem, sem saudades

Quero-te somente em mim

Quero-te em meu pensamento

Quero-te do princípio ao fim

Por isso vim nu, como alimento

Nu de cérebro…solidez

Nu de pensamento…sensatez

Nu de pureza para ser teu

Nu para que o mar,

seja meu

Nu para te amar

E preencher o espaço que deixei

Onde podes morar

No amor que desejei.


José Alberto Sá

Sem comentários:

Enviar um comentário

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.