Número total de visualizações de página

quinta-feira, 22 de setembro de 2011

Crescimento


Crescimento


Fadado crescimento

Mente sofrida

Tijolo a tijolo sem cimento

Catedral mal erguida

Desperdício de vontade

Caminho mal escolhido

Medo da liberdade

Povo encolhido

Virtudes humanas

Causas mundanas

Defeitos da inteligência…

Falência…falência.

Que maneira honesta de ser

Inconveniente saber

Que em WC gozam os ricos

Os pobres nem penicos

Sedentos assessores

Ambulâncias sem SOS

São jardins sem flores

Loucura…ninguém merece

Sem tempo para pagar

Com tempo para sofrer

Contas da vida, nosso desesperar

Que importa se estão a morrer

Fadado crescimento

Fome, raiva, ódio, Loucura

Sem verdade, sem alimento

Pobres de mente pura

Desabafai sem receio

Deixai vosso testemunho

A vida dos ricos é recreio

A dos pobres, trabalho e punho.


José Alberto Sá

Sem comentários:

Enviar um comentário

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.