Número total de visualizações de página

quarta-feira, 28 de setembro de 2011

Aconteceu


Aconteceu


Beijamo-nos em agitação

Até a lua se escondeu

Vergonha de tal situação

Amor nunca visto aconteceu

Madrugada, começa o dia

O sol espreitou no seu raiar

Na sua cara vi alegria

Baton rosa do nosso esfregar

Tudo aconteceu em desejo

Uma paixão apetecida

Tatuado na cara, um simples beijo

Numa vontade humedecida

Perdemo-nos enlouquecidos

Ternura de um secreto paraíso

Abraçados e unidos,

momentos apetecidos

Onde o mundo pára, não há juízo

Madrugada de lindo sorrir

Novamente o sol espreitou

Amor que nos quis unir

De uma vontade que nos alertou

Talvez exista mão divina

As manhãs são frescas e puras

Talvez o amor seja minha sina

Na divindade de nossas loucuras


José Alberto Sá

Sem comentários:

Enviar um comentário

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.