Número total de visualizações de página

segunda-feira, 27 de junho de 2011

Nudez

Nudez

Ao olhar o mar…esqueço
Fraquezas…tristezas…minha existência
Ao olhar o mar…pareço
Menino…simples…sem essência
Puro…sentindo-me nu
Puro…como a mais bela flor
Puro…inocente…cru
Puro…semente…indolor
Ao olhar o mar…vejo
Suavidade…tranquilidade…verdade
Ao olhar o mar…desejo
Justiça…humildade
Ao olhar o mar, sinto-me nu…pureza
Nu pareço, sem essência, da bela flor
Nu na minha inocência…sou a certeza
Que até nu…amo o mar
Nu sou amor…
Ao olhar o mar…amo
O tempo que passa…
Ao olhar o mar…exclamo
Grito amor, paixão e raça
Ao olhar o mar…sinto-me unido
Amo-o como se ama a vida
Ao olhar o mar agradeço…meu corpo despido
De fome que não tenho…por falta de comida
Ao olhar o mar…o silêncio impera
Ao olhar o mar…sinto verdade…felicidade
Sem desanimar…amando…quem me espera
O mar…ele que me olha…neste corpo nu de saudade
Ao olhar o mar…toda aquela imensidão
Encho o corpo nu de tudo que é teu
De paz, amor, felicidade em meu
Coração…
Meu mar
Tranquilidade…desejo meu
Esperança em nós…
Amor…só tu
Verdade de vós
Corpo nu…sou eu

José Alberto Sá

Sem comentários:

Enviar um comentário

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.