Número total de visualizações de página

quinta-feira, 26 de maio de 2016

A obra

A obra

O desejo alimenta-se do poema…
E os olhos ao verem as palavras são excelência
A obra nasce pelo criador, é asa… É pena
É voo indefinido num amor de paciência…
Devagar… Muito devagar…
Olhar… Beijar… Tocar… Amar…


José Alberto Sá

Sem comentários:

Enviar um comentário

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.