Número total de visualizações de página

quinta-feira, 5 de setembro de 2013

Cavo-me por ti

Cavo-me por ti

Cavo-me por dentro, pois por fora vocês já conhecem
É carne, é osso, é pele…
É sentimento
Em cada cavadela, abro um rasgo como se fosse um rio
Sinto a água a deslizar por dentro de mim…
Vocês já conhecem
É amor, é luz, é melodia…
O pensamento
Em cada pensar, desfolho uma página branca
Uma luz onde te quero desenhar
É claridade, é paz, é brio…
Uma sensação de prazer que me sai da garganta
Amar…
Cavo-me por dentro, pois por fora vocês sabem do meu sorriso
É cor, é macio, é sedoso… É luar
Em cada noite que sinto é de ti que preciso
Em cada dia és tu na minha página em branco
Amo-te…
Desejo-te…
Adoro-te…
Porque me cavo por dentro…
Sou franco
E se ainda não fui pelo caminho da verdade
É porque alguém me segura
Alguém que me atura
Alguém que me dá a identidade
É aí que me cavo por dentro… Até que a vida me leve
Me transporte por aí… Por essa linda saudade
Saudade de quem sempre senti…
Essa saudade que sempre me teve
Cavo-me por dentro… Por dentro de um coração de dor
É carne, é osso, é pele…
… É amor


José Alberto Sá

Sem comentários:

Enviar um comentário

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.