Número total de visualizações de página

quarta-feira, 11 de setembro de 2013

Amor (amante) respira

Amor (amante) respira


Quando te passo os dedos pela pele
Por favor… Respira
Respira para que eu saiba, que tu me sentes
Que sentes comigo os gemidos de ti
… Respira…
Quando te passo os dedos… É mel
É o antes… Depois a roupa se tira
E já podes gemer… Corpos quentes
Que ambos sentimos aqui
… Respira…
Quando te passo a língua pela boca
Por favor… Respira
Respira para que saiba da tua humidade
Que sentes comigo a dança tão louca
…Respira…
Quando te passo a língua… Toca a Lira
É o antes… Depois vem a verdade
E já podes dançar… Na minha boca
Lábios teus nos meus… Um abraço
Corpos na terra… Voos dos céus
Quando te passo…
… Respira…
Quando te passo o prazer pelo ventre
Por favor… Respira
Respira para que saiba que deliras
Que sentes a força exilada, em ti presa
… Respira…
Quando te passo o prazer… Por entre
Pernas e braços, onde tudo delira
É o antes… Depois a união dos umbigos
Corpos que não respiram… Mas gemem na certeza
Que são amantes, apaixonados… Amigos


José Alberto Sá

Sem comentários:

Enviar um comentário

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.