Número total de visualizações de página

domingo, 9 de junho de 2013

Sou o que escrevo

Sou o que escrevo

Sou o imperfeito, na perfeição do mundo
Escrevo palavras que existem no meu caminhar
Nada sei inventar, somente alimentar o mais profundo
Amor... Sentido de uma vida que vos quero partilhar

Sou o imperfeito ser, sou pecador
Nada sei inventar, somente sonhar e olhar a tentativa
Escrevo palavras que na sua simplicidade me dão amor
Sentido que me ergue e me leva pela vida

Sou por aí, o imenso pensar
Sou quando penso... No pensamento da cor
Sou no vale um rio de palavras que corre para o mar

Escrevo pensando que sei pensar, com a luz do olhar
Escrevo sonhando que sou pensador, que sou amor
Sou o que penso em palavras que vos deixo ficar


José Alberto Sá

Sem comentários:

Enviar um comentário

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.