Número total de visualizações de página

quinta-feira, 25 de abril de 2013

Será poema?


Será poema?

Como será?
Como será a próxima estrada?
Se o cruzamento me faz confusão
Como será?
No caminhar a minha amada
Como vai reagir meu coração
... Nessa estrada tão estranha
Onde sinto o cruzamento
Partes íntimas da entranha
Na estrada de nosso tempo
... Como será?
Como será a vida contigo?
Serei poeta, serei amigo
Como será?
Serei amor
Serei castigo
Mas te prometo
Não serei dor
Que na estrada serei perfume
Serei poema sem queixume
Mas amar... Como será?
Será contigo... Meu calor
... Será hoje neste poema
Será como ontem no amanhã
Será futuro, nosso dilema
Como será
Será poema?

José Alberto Sá

Sem comentários:

Enviar um comentário

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.