Número total de visualizações de página

segunda-feira, 8 de abril de 2013

Estou aqui


Estou aqui

Não fugi
Não me ausentei sequer
Estive sempre aqui
E no meu pensamento uma mulher
O sol que hoje senti

Não consegui esquecer
Nem por um segundo
Que tu és o amanhecer
Durante o dia o meu mundo
E à noite voltas a aparecer

Esperei por ti
Por isso não fugi
Cheguei a pensar que me falasses
Cheguei a pensar que me escutasses
Mas...
O frio apoderou-se e a chuva não parou

O tempo gelou
Mas não fugi
Ainda aqui estou
Para ti

O silêncio rebentou-me os ouvidos
Estalidos do meu coração ecoaram
O barulho foi a dor dos sentidos
Saudades que não me perdoaram

Mas não fugi
Continuo no meu espaço
No cantinho que guardei
O sonho de um abraço
Na saudade do beijo que te dei



José Alberto Sá

Sem comentários:

Enviar um comentário

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.