Número total de visualizações de página

terça-feira, 12 de março de 2013

Mariposa


Mariposa

Só tu… Mariposa!
Quebras as cores cinza do meu dia
Nevoeiro serrado
Nos olhos que pedem alegria
Sou a floresta escura, alcatrão
Na ânsia de sair
Sair, saltar, correr e sorrir
Mas é cinza o meu coração
Só tu… Mariposa!
Quebras as cores da noite de luar
Chuvas turvas
Que abraçam um rio, na procura do mar
São belas as tuas curvas
Asas translúcidas, menina vaidosa
E eu aqui perdido, não sei quem amar
Só tu… Mariposa!
Quebras todas as vontades de mim
Abraças o mundo com teu carinho
Beijas a vida com teu sorriso
Tu és assim…
Amas o céu com teu olhar
Menina vaidosa…
E eu… Só peço um pouquinho
Dessas cores que tanto preciso
Dessas asas que desejo um dia abraçar
Só tu… Mariposa!

José Alberto Sá

Sem comentários:

Enviar um comentário

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.