Número total de visualizações de página

quinta-feira, 14 de fevereiro de 2013

Fiel companheira


Fiel companheira

Que bom ficar a observar a tua imagem
Sentir que sempre me deste coragem
Mesmo no chão me tens acompanhado
Sempre quiseste ter-me como namorado
Desculpa se por vezes não te dou atenção
A vida se cobre de nuvens e eu não te vejo
Desculpa se à noite existe outra atracção
Mas te prometo,
que nos dias de sol estás presente no beijo
É tão bom correr contigo
Quando abraço, tu pareces diluir-te em mim
É tão bom ser teu amigo
Se te dou a mão, dizes sempre que sim
Amo namorar contigo, sentir que estou vivo
A vida não existe se não estiveres presente
Sou teu… Tu és a minha melhor companhia
És parte de mim para sempre
És a mais pura sabedoria
Amo-te
Não me abandonas mesmo ao trepar           
Amo-te como a lua ama o luar
Lembraste...
Nas festas nunca sais do meu pé
Danças comigo, beijas-me, aperto de arromba
Obrigado por me acompanhares
Ao longo desta minha vida
Eu te amo… Minha sombra

José Alberto Sá

Sem comentários:

Enviar um comentário

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.