Número total de visualizações de página

domingo, 10 de fevereiro de 2013

Desabafo


Desabafo

Eu hoje não sou
Eu hoje não quero
O vento levou
O meu desespero
... Porque eu sou assim
Por isso eu sofro, amor
É tudo para mim
No mesmo jardim
Onde eu vejo cair uma flor
... Eu hoje não tenho
Eu hoje não vejo
O tempo, ponteiro que desdenho
Perdido num beijo
... Eu hoje não vou
O passado foi engano
Tu não me queres ouvir
Não me queres sentir
... Como eu te amo
Eu...
Tenho tudo para ser
Tenho tudo, mas nada me chega
Um mundo a correr
Eu tenho a luz da vida
Um olhar que me aconchega
Uma luz tão querida
... Eu hoje já não grito
Eu hoje não peço
Mas vivo aflito
Se não me confesso
És a minha luz... Meu luar
Eu hoje...
Amo a lua, o sol e o mar
Na única luz... O teu olhar


José Alberto Sá

Sem comentários:

Enviar um comentário

Nota: só um membro deste blogue pode publicar um comentário.